domingo, 23 de junho de 2013

2 Sugestões de necessaire: dentro e fora


Tenho tanta saudade das revistas japonesas, com dicas e sugestões organizadoras...
As revistas japonesas, especialmente falando do público Teen, são exageradas nas fotos de produtos. As sugestões de consumo chegam a ser poluídas,visualmente falando. Mas é fato que as dicas, quando bem aproveitadas (leia-se: ponderadas no quesito consumo consciente) são ótimas. Não precisa ter tudo que se sugere. Para sair bonita por aí, uma necessaire bem montadinha basta!

Percebo que muitas amigas carregam necessaire na bolsa. Umas mais básicas que as outras. Cada uma no seu estilo. Mas descobri recentemente que um detalhe, aparentemente bobo faz a diferença: A qualidade e aparência da necessaire.
Parece frescura, mas uma necessaire bonitinha motiva a cuidar bem dela. A vida corrida pede o "menos que é mais". 
Você escolhe um modelo descoladinho, bons produtos e em minutos fica linda por aí...
No trabalho, na faculdade, na escola, naquele evento que te pega de surpresa. É um kit s.o.s beleza. 
Bem montado, ele pode morar na nossa bolsa por um bom tempo.

Miniaturas amigas

Existem produtos em miniatura que ajudam a compor uma necessaire mais completa. Você ganha espaço e cuidados a mais para pele, olhos... Fato que, dos produtos nacionais ou disponíveis em território nacional são poucas as opções. Mas se garimpar encontramos. Hidratante mini, sabonete líquido mini... Se não encontrar, existem potinhos pequenos de kit viagem de várias marcas, até ching ling. Daí é depotar o produto original para os mini potinhos.
Das maquiagens, existem miniaturas próprias. Carrego sempre comigo na necessaire: Mini corretivo Lancôme, mini sombras, mini lápis... Até mini perfume.
Sugestões:
Há produtos pequenos caros pra chuchu como esses aí que sugeri. Mas valem pela qualidade. Garimpar preços é preciso também. Não se compra importados sem pesquisa. Tomem cuidado. 
Eu gosto de comprar com a Mi do MakeUpEncomendas. Tem link na barra direita.
E vale lembrar que o travel size nem sempre é tão mini assim ne. O hidratante Strobe da M.A.C, por exemplo, tem a opção de um tamanho bom para carregar na necessaire e durar por um bom tempo. Tamanho de creminho de mãos mesmo.

[imagem ilustrativa para matar saudades das revistas japas; marca Anna Sui, do meu perfume favorito]

Material resistente: Proteção para os produtos
Existe uma necessaire para cada personalidade. Se você é daquelas que não lembra nem o que comeu no café da manhã na hora do almoço, recomendo uma necessaire transparente. É divertido ver por fora o que está lá dentro. Ajuda a lembrar de USAR os produtos. E compor o que falta. Fora que a embalagem plástica protege bem, em caso de líquidos espirrarem.

Espaço ideal: Cabe tudo sem dar muito volume
Se você, como eu, gosta de espaço bom e encaixe fácil (leia-se: aquela necessaire que fica em pé, que encaixa na bolsa, que dá pra pendurar, encostar... ) recomendo este modelo meio malinha, meio bolsinha com alça... Ganhei a minha por acaso na Face Bela, odiei a cor branca no início, agora é a preferida. Cabe tudo o que preciso, carrego sozinha na hora do retoque de intervalos do trabalho, penduro quando preciso. O formato retangular é ótimo. Cabe sempre mais do que imaginamos. As redondas não possuem quinas, cantinhos. Limita o encaixe de produtos.

Resistência nas embalagens também

Este é um polêmico caso do mundo da maquiagem. Se você é básica e quer ser linda com apenas um kit na necessaire é mais do que recomendável exigir qualidade na embalagem e conteúdo.
Um batom da M.A.C é aparentemente caro. Mas dura muito e a embalagem protege mesmo. Talvez o segredo da fama esteja por aí.
Existem bons nacionais também. Gosto da embalagem Make B. Não gosto é da super valorização deles. Mas se encontrar uma cor bonita, cai dentro. Duda Molinos é meu favorito nacional. Os batons são ótimos, por dentro e fora. Batom que quebra fácil, que abre fácil dentro da necessaire pode causar desastres. 

Pó compacto então deveria ser obrigatório ter embalagem resistente. Não vale de nada ser barato e "farofar" na sua necessaire. Ai que raiva que dá. E pó solto também é kaka. Mesmo de top marcas. Recomendo ter um pó solto em casa e um de embalagem bem resistente na necessaire. M.A.C, Chanel, Clinique... Dá uma segurada na embalagem e me diz. Claro que se cair no chão pode danificar. Mas as chances de não quebrar são bem maiores. Já um pó com embalagem fraca quebra dentro da necessaire no primeiro "saculejo".
Dos nacionais achei bem bonita a embalagem do pó da Tracta. Duda Molinos é boa também. Dureza é encontrar cores... Mas daí é outro fator.

Não arrisco a carregar paletes de sombras na necessaire. Pó compacto é "trincante", se é que me entende.
Prefiro carregar sombras cremosas. Mesmo o potinho sendo de vidro. Os Paint Pots M.A.C são tão resistentes que já derrubei e não quebraram. Claro que não é pra achar que pode cair e quicar ne, é resistente no sentido "não vira farofa na necessaire".
Uno sombras compactas são tranquilas. Sempre carrego a Covergirl taupe cor de rato e uma da M.A.C ou Intense... Cores neutras e curingas.

Blush cremoso é um bom aliado. Mas se você ama o compacto, capricha na embalagem.
A Nars não é famosa só pela fama. Dã! Que redundância... Mas é de propósito.
Suas embalagens levemente emborrachadinhas protegem o conteúdo de qualidade.

Base que mora na bolsa: A minha base preferida para carregar na necessaire é a Chanel Vitalumiére Aqua. Pela embalagem resistente, pequena mesmo com o padrão de 30 ml. BB cream também é bem vindo. Embalagem de bisnaga é prática! Vidro nem pensar.


E o bom da necessaire é que lápis preto, marrom, rímel, lip balm... Cabem facinho.
Delineador canetinha tá valendo. Eu gosto do Make B. Lápis retrátil por não necessitar de apontador é prático também. Os complementos vão aparecendo de acordo com o seu estilo. Gloss, curvex, trio de sombras básicas, corretivos e corretores... Protetor solar facial e primer.

No passado eu curti modelos com espaço pra mini pinceis, várias divisórias, redondinhas, maletinhas... Mas hoje em dia curto praticidade e bolsa leve. Não adianta querer carregar um monte de coisas e deixar a bolsa usual pesadona, causando dores  nos ombros. O nome diz "necessaire" para o necessário.
As de tecido são fofas. Mesmo estando em desvantagem em relação as de plástico, vinil ou lona, as de tecido podem ser lavadas.
O que pega é o modelo, tamanho e praticidade. Não gosto de nada aberto ou com mini bolsinhos. Dá volume e quase não uso. Logo...
O modelinho clássico que dá certo: pretinha estilosa, saquinho com ziper, sem alças ou firulas. Acho ótima.


Assim meio malinha, meio frasqueirinha... Boa pra quem não leva muita coisa mas gosta de ter os produtinhos em pé. Só não gosto muito grande. Ainda prefiro alça retinha.
Viagens: modelos assim que podem ser penduradas nos hotéis, por exemplo, são bacanas. As plastificadas melhores ainda. Para no caso de vazamento de algum produto, o acidente não virar tragédia. Não vou me aprofundar muito no tema "necessaire viagem" porque ele é mais específico. Mas vale reforçar que neste caso a proteção deve ser extra.

Contribua! Conte como é a sua necessaire e o que carrega nela. :)

Imagens:Reprodução


Beijo.
Suzue

2 comentários:

  1. hum... a minha não é exatamente básica...rsrsrs. Eu compro potinhos na loja de 1,99, por aqui encontro bisnagas de 6 e 10 mls que são ótimas para cremes. Levo uma com base+hidratante ou BBcream; outra com um bom hidratante para mãos. Um lápis azul escuro (o preto não é exatamente neutro para mim, o bronzeado de palmito, mais olhos e cabelos claros, ficam bem destacados com preto, daí prefiro o azul escuro que combina com meus olhos); um balm e gloss, um pó matificante (não vivo sem); um blush cremoso, uma máscara para cílios; um bonito batom. E demaquilante e algodão... explico, a pálpebra é super oleosa, se acontecer algum acidente com a sombra ou a máscara, conserto sem problemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da sua necessaire Marcia. :)) Dá sempre vontade de colocar mais alguma coisa...rs Boa dica de demaquilante. Eu carrego lencinhos mesmo, pra o caso de corrigir falhas... Melhorar o corretivo que após horas de trabalho pode dar um arzinho de cansaço, tipo Dona Florinda do Chaves,rsrs.

      bjo!
      Suzue

      Excluir

Deixe aqui seu comentário!