sábado, 4 de fevereiro de 2017

0 Opa To aqui to aqui...

Em breve uma batalha de máscaras!!! 

Eu sumo mas volto.

O blogger andou travando. Não sei se foi aqui ou lá...

Mas tenho muitas novidades pra contar pra vocês!

Muitos produtos novos para resenhar... Divulgação do meu trabalho com make... 
Tanta coisa que nem sei por onde começar!

E ainda dou conta de ser mãe da sapeca mais fofa do universo, costurar bonecas teatrais para contar histórias e para amigos que contam histórias.

Hoje escolho o post para falar de amor.

Amor que gera tolerância, amizade, paz de espírito e tudo de bom que esse sentimento pode atrair.
A reflexão que podemos fazer sobre os "pequenos ódios" traz uma surpresa que por mais óbvia que pareça... Pessoas que se julgam inteligentes ainda praticam e não percebem que isso, esses aparentes sentimentos ruins insignificantes trazem, acumulam em suas vidas atrasos, barreiras para evoluir.

Exemplos de "pequenos ódios".

Você pode amar a vida, mas se ficar odiando pequenas coisas do cotidiano vai somar coisas negativas para sua vida. "Que droga de dia, de calor, de lápis, de passarinho, de trânsito, de vendedor que demora para atender, de chuva que ensopou minha meia"... Cuidado. Palavras tem poder. A negatividade pega a gente de tal forma que mal percebemos que ela está ali, diariamente te minando, te cercando e afastando as pessoas legais do seu convívio. Não se iluda, pessoa negativa não tem amigos e pensa que tem. A negatividade mostra seu caráter, sua arrogância e insensibilidade ao próximo: o senso de humanidade vai embora.

Como reverter isso?

Perceber e admitir é o primeiro passo. Tem cura e é mais fácil do que parece.
Não exite em buscar ajuda, terapia, uma boa igreja, um colo amigo...
A verdade vai doer mas vai te curar. Talvez a cura seja um processo de exercício contínuo.
Se você for sistemático, não tem problema. Organize uma rotina de boas ações. 

Busque achar graça nas pequenas coisas. Pare de ver por um único prisma seu próximo, tipo, "Afe... Tá ostentando pra se aparecer". " "Ah eu sabia que ia dar nisso". "Como pode ser tão mimada?"
Preconceito é preconceito.

Hoje escutei uma coisa tão linda de uma pessoa linda por dentro e por fora...
Ela disse APRENDI A REFLETIR SUZUE, PENSAR QUE NUNCA SABEMOS PELO QUE AQUELA PESSOA ESTÁ PASSANDO NAQUELE MOMENTO...

E esse momento pode ser nosso ne. Temos dias ruins. Mas não podemos fazer disso um acessório conformista. Achar que isso é desculpa para não mudar. Pessimismo não é personalidade. Tem gente que acha elegante ser chata. Oi?

Isso é mera desculpa de zona de conforto do negativismo.

Este texto não é para sabatinar, mas trazer um ponto de reflexão a todos nós. Faço parte do pacote. Já zikey muitos momentos que nem eram meus por intolerância. Hoje busco muito me colocar no lugar do outro. Como mãe mais ainda! Todo mundo é filho de alguém...

Não sei se me faço clara. Mas que fique o cinco minutos de apreensão deste post: PARE DE PERDER TEMPO COM NEGATIVISMO. PARE DE ODIAR PEQUENAS COISAS. NÃO QUEIRA MUDAR OS OUTROS, MUDE VOCÊ. Tudo ficará mais leve, as oportunidades de sucesso aparecerão! Amor, tolerância, solidariedade, atrai coisas boas e divinas. 

Tralalá 2017! Vamo que vamo!

Um beijo um queijo e uma folhinha de alface...

by: Suzue


domingo, 30 de outubro de 2016

0 Terceiro dia do desafio Batons Racco Luzes! Hoje é a vez do meu favorito para todos os dias: Âmbar!

                   

                    É ele! Meu tom de boca, vida, saúde para dias indecisos, eventos, qualquer hora do dia! Aquele verdadeiro "tira cara de defunto", devolve vida ao rosto: Prazer, Âmbar!





As fotos tiradas no Tablet Samsung não fidelizam a cor ao vivo. Mas dá pra ter uma ideia de quão usável é esta cor até para quem não curte muito batom. Ao vivo fica bem forte, por isso eu retiro o excesso com lencinho de papel. ( Mentira, eu uso papel higiênico mesmo)

Ele agrada todas porque fica, em cada etnia, um cor de boca diferente. Mas é unânime! Todas que experimentam pedem "bis". É sem dúvida a cor que mais vendo. 

Ele tem uma carta na manga: Vira um lindo blush cremoso! Esse tom neutro, meio malva, meio saúde cai perfeitamente como blush! 

Como disse no post de swatches eles são de acabamento cremosos, hidratados, porém, de cor intensa. Não é batom disfarçado de balm não. Dá conforto aos lábios, tem duração ok e não resseca. Se quiser matificar é só retirar o excesso com lenço de papel e aplicar levemente um pouquinho de pó facial por cima. Fica divino! Faço direto isso! Fora que esse truque prolonga a duração.

O tom de rosa queimado dele é frio. Por isso cai bem para todos os tons de pele. Sou apaixonada por ele. Se todos os meus batons acabassem seria o primeiro a recomprar. 

UPDATE: OLHA QUE TUDO MINHA QUERIDA AMIGA ALINY QUE TAMBÉM AMA BATONS DA RACCO USANDO O ÂMBAR! Ela ama um sol, exibe um bronze dourado a fia da mãe e fica lindo esse tom de batom pra ela. Confiram:




A comédia ainda faz beiçola! 

Viram que cor linda! Curinga! 



Beijo e bom domingo e excelente semana! Amanhã tem mais!

By: Suzue
Imagens: Arquivo pessoal do blog



sábado, 29 de outubro de 2016

0 Segundo dia do Desafio UM BATOM POR DIA, RACCO LUZES: GRANADA

BUM!

Essa granada explode cor e ousadia. É para me tirar da zona de conforto mesmo!
Última vez que usei um laranjadão foi na adolescência quando morava no Japão!

Amei o resultado nas fotos! Ao vivo estou me habituando ainda... Preciso me libertar do tom de boca. Tô numa monotonia... Mas saio já! E te convido a vir comigo!

Luz natural. Imagem: Arquivo pessoal do blog

Percebo que algumas loiras, cabelos claros em geral fazem deste tom de laranja seu "cor de boca". As orientais amavam na época que eu morava lá. Coreanas idem. Dá uma vida no carão! Recomendoooooooooo

Imagem Reprodução

E amanhã tem mais! Qual será a cor que escolherei... tic..tac...tic...tac

Beijo
by: Suzue